O que é notícia na imprensa do Piauí, do Brasil e do Mundo

Coronavírus: pastor pede doações bancárias e deve R$ 127 milhões ao povo

Em cultos transmitidos pela RiT (Rede Internacional de Televisão) e pela internet, o pastor R.R. Soares, líder da Igreja Internacional da Graça de Deus, tem pedido aos fiéis que façam doações por meio de transferências bancárias ou nas lotéricas pelo período que durar a crise do coronavírus.

Como as igrejas têm fechado as portas devido à pandemia, o pastor tem sugerido essa via como uma forma de seus seguidores enviarem recursos para a congregação.
“Queria fazer um apelo a toda pessoa que ama a obra de Deus. Vocês sabem que as nossas igrejas estão fechadas, mas os compromissos continuam. Exatamente, não entraram em quarentena. Amanhã, quando o banco abrir… Banco talvez você não possa ir, parece que também vai fechar. Mas você, da sua casa, pode fazer a transferência”, disse Soares nesta segunda-feira (23).

Na sequência, ele informa os números das contas para depósito nos diferentes bancos: Itaú, Bradesco e Banco do Brasil. Caso não seja possível ao fiel fazer uma transferência bancária, Soares sugere a ida a alguma lotérica. “Olha, nós estamos precisando. Aquele que ama Deus, se puder, ajuda-nos, para quando abrir a igreja nós abrirmos mesmo, e não mantermos fechada porque não pagamos o aluguel. Não, não, nós vamos pagar tudo direitinho”, completa.

Reportagem da Folha de S.Paulo de 2018 afirmava que a dívida da Igreja Internacional da Graça de Deus com a Receita Federal era de R$ 85,3 milhões. Ao final de 2019, levantamento da Agência Pública apontava uma dívida de mais de R$ 127 milhões.

Via CAMILA MATTOSO E GUILHERME SET [Folhapress]

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.