O que é notícia na imprensa do Piauí, do Brasil e do Mundo

Falso pastor evangélico acusado de sete homicídios é preso em Teresina

Operação da Força-Tarefa da Secretaria Estadual de Segurança prendeu um falso pastor evangélico acusado de cometer sete homicídios em Teresina. Raianderson Denis Nascimento,25 anos, conhecido como Pepeu do Grau, foi preso no bairro Parque Jurema, zona Sudeste de Teresina.

Segundo a Força-Tarefa, Pepeu do Grau é foragido do sistema prisional. O major Audivam Nunes, comandante da Força-Tarefa da SSP, conta que Pepeu faz parte da “Turma do Galpão”, grupo criminoso que age na região do grande Dirceu.

“Ele é matador. Estava fingindo se pastor. No corpo dele há 7 tatuagens de folha de maconha, que representa cada homicídio. São seis nas costas e uma no braço. Age matando desafetos”, afirma o comandante. Ainda de acordo com o major, quando matava, Pepeu fazia post nas redes sociais onde  escrevia “menos um”.

Em 2015, na última vez que foi preso, a Polícia Civil afirmou que Pepeu do Grau também era acusado de treinar crianças de 12 anos para se tornarem “soldados do crime”.

Foto:Reprodução

Além dele, a operação da Força Tarefa, nesta quarta-feira (15), prendeu, ainda, um jovem identificado apenas como Jeferson, fugitivo da Penitenciária de Esperantina, que, segundo a polícia, é condenado a 23 anos de prisão pelo crime de homicídio. Ele foi encontrado no bairro São Joaquim, na zona Norte.

“Esse Jeferson estava tocando o terror na zona Norte de Teresina, fazendo assalto principalmente a ônibus”, afirma o major Audivam.

Outro preso na operação foi John Kenedy, fugitivo da Casa de Custódia. O foragido foi achado no bairro Morada Nova,zona Sul. Todos os presos foram encaminhados à Central de Flagrantes e estão à disposição da Justiça.

“Foi uma operação para tirar de circulação esses indivíduos nocivos ao convívio social”, explica o major Audivam Nunes, comandante da Força-Tarefa da SSP.

Via Izabella Pimentel
[email protected]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.